Author: Ricardo Morais
Date: 2016-11-02 - 16:18:56 (GMT)
Self-evaluation: 50%
 
 

Key words

Unit of analysis

Streams of thought

Pathos

Level of analysis

Research gap

Logos

Ethos

Nature of data

Research question or hypothesis

Wisdom

Trust

Time

Origin of data

State of the science

Philosophical stance

Research strategy

Collection techniques

Analysis techniques

Quality criteria

Sample

Key words

Unit of analysis

Streams of thought

Pathos

Level of analysis

Research gap

Logos

Ethos

Nature of data

Research question or hypothesis

Wisdom

Trust

Time

Origin of data

State of the science

Philosophical stance

Research strategy

Collection techniques

Analysis techniques

Quality criteria

Sample

Key words

Unit of analysis

Streams of thought

Pathos

Level of analysis

Research gap

Logos

Ethos

Nature of data

Research question or hypothesis

Wisdom

Trust

Time

Origin of data

State of the science

Philosophical stance

Research strategy

Collection techniques

Analysis techniques

Quality criteria

Sample

 
Key words
1/21. Theoretical question: which theoretical keywords are implicit in your research?
O enfoque da minha investigação é a relação entre contatos pessoais e coordenação de multinacionais.

Contacto pessoal é definido como uma instância de comunicação com outra pessoa.

Coordenação é definida como qualquer meio para atingir integração entre entidades diferentes (Martinez & Jarillo, 1989).

Referências: Martinez, J. & Jarillo, J. 1989. The evolution of research on coordination mechanisms in multinational corporations. Journal of International Business Studies, 20(3), 489-514.
Self-evaluation: 100%
Streams of thought
2/21. Theoretical question: which streams of thought are implicit in your research?
Duas correntes de pensamento opostas sobre o meu tema de investigação são a abordagem de processo às multinacionais (Doz & Prahalad, 1991) e a abordagem de rede às multinacionais (Forsgren & Johanson, 1992).

O principal debate entre estas duas correntes de pensamento é se os mecanismos informais de coordenação das multinacionais são desenhados de cima para baixo ou orgânicos de baixo para cima.

Referências: Doz, Y. & Prahalad, C. 1991. Managing DMNCs: A search for a new paradigm. Strategic Management Journal, 12, 145-164. Forsgren, M. & Johanson, J. (Eds.) 1992. Managing Networks in International Business. Philadelphia: Gordon and Breach Science Publishers.
Self-evaluation: 50%
Research gap
3/21. Theoretical question: which research gap is implicit in your research?
As redes de contatos individuais como facilitadoras e forças condutoras de internacionalização é um fenómeno bastante conhecido entre os gestores, mas que tem recebido pouca atenção entre os académicos (Axelsson & Agndal, 2000).

Referências: Axelsson, B. & Agndal, H. 2000. Internationalisation of the firm: A note on the crucial role of the individual's contact network. Proceedings of the 16th IMP Annual Conference. Bath, UK.
Self-evaluation: 0%
Research question or hypothesis
4/21. Theoretical question: which research question or hypothesis is implicit in your research?
A minha questão de investigação é como é que os contatos pessoais influenciam a coordenação de multinacionais.
Self-evaluation: 100%
State of the science
5/21. Theoretical question: which is the current answer to your research question or hypothesis?
A resposta atual à minha questão de investigação é que socialização é um importante mecanismo de coordenação em multinacionais (Martinez & Jarillo, 1989).

Referências: Martinez, J. & Jarillo, J. 1989. The evolution of research on coordination mechanisms in multinational corporations. Journal of International Business Studies, 20(3), 489-514.
Self-evaluation: 50%
Philosophical stance
6/21. Methodological question: which philosophical stance is implicit in your research?
O termo específico para a posição filosófica da minha investigação é realismo (e.g. Morais 2011).

Referências: Morais, R. 2011. Critical realism and case studies in international business research. In Piekkari, R. & Welch, C. (Eds.) Rethinking the Case Study Approach in International Business and Management Research: 63-84. Cheltenham, UK: Edward Elgar Publishing.
Self-evaluation: 0%
Research strategy
7/21. Methodological question: which research strategy is implicit in your research?
A minha estratégia de investigação é estudo de caso (e.g. Yin, 1994).

Referências: Yin, R. 1994. Case Study Research: Design and Methods. 2nd edition. Thousand Oaks, CA: Sage.
Self-evaluation: 100%
Collection techniques
8/21. Methodological question: which data collection techniques are implicit in your research?
As técnicas de recolha de dados adotadas na minha investigação são recolha de documentos e entrevistas (e.g. Patton, 1990).

Referências: Patton, M. 1990. Qualitative Evaluation and Research Methods. Newbury Park, CA: Sage.
Self-evaluation: 50%
Analysis techniques
9/21. Methodological question: which data analysis techniques are implicit in your research?
As técnicas de análise de dados adotadas na minha investigação são taxonomia e indução analítica. O software adotado na minha investigação é o QSR NUD*IST para análise qualitativa de dados (e.g. Richards, 2000).

Referências: Richards, L. 2000. Using N5 in Qualitative Research. Melbourne: QSR International Pty.
Self-evaluation: 0%
Quality criteria
10/21. Methodological question: which scientific quality criteria are implicit in your research?
Os critérios de qualidade adotados na minha investigação são validade externa, validade interna, validade de conceito, validade convergente e fiabilidade (e.g. Guba & Lincoln, 1998).

A minha investigação adota táticas para aumentar a validade externa (amostra para generalização descritiva), validade interna (raciocínio quase-indutivo para desenvolvimento de teoria), validade de conceito (entrevista piloto, clarificações nas entrevistas, feedback dos entrevistados, e respostas transcritas dos entrevistados), validade convergente (triangulação das correntes de pensamento, das técnicas de recolha e da origem dos dados) e fiabilidade (matriz de dados, formulário de consentimento, guia estandardizado de entrevista aberta, e software para análise de dados qualitativos).

Referências: Guba, E. & Lincoln, Y. 1998. Competing paradigms in qualitative research. In Denzin, N. & Lincoln, Y. (Eds.) The Landscape of Qualitative Research: Theories and Issues, 195-220. Thousand Oaks, CA: Sage.
Self-evaluation: 100%
Unit of analysis
11/21. Empirical question: which unit of analysis is implicit in your research?
A unidade de análise que comparo na realidade para operacionalizar a relação entre contatos pessoais e coordenação de multinacionais é rede de contactos de gestor de subsidiária estrangeira.
Self-evaluation: 50%
Level of analysis
12/21. Empirical question: which level of analysis is implicit in your research?
O nível de análise da minha unidade de análise é individual.
Self-evaluation: 0%
Nature of data
13/21. Empirical question: which nature of data is implicit in your research?
Os dados qualitativos recolhidos na minha investigação incluem texto (transcrições de entrevistas e documentos) e multimédia (sítios de Internet).

Os dados quantitativos recolhidos na minha investigação são números-chave de multinacionais e das suas subsidiárias.
Self-evaluation: 100%
Origin of data
14/21. Empirical question: which origin of data is implicit in your research?
Os dados primários recolhidos na minha investigação incluem texto (transcrição de entrevistas).

Os dados secundários recolhidos na minha investigação incluem texto (documentos) e multimédia (sítios de Internet).
Self-evaluation: 50%
Sample
15/21. Empirical question: which sample is implicit in your research?
A minha amostra inclui 11 redes de contactos de gestores de subsidiárias estrangeiras, incluindo 3 nacionais do país de origem, 4 nacionais do país de destino, e 4 nacionais de países terceiros.
Self-evaluation: 0%
Pathos
16/21. Rhetorical question: which scientific, commercial, and public interest is implicit in your research?
As emoções positivas associadas à minha investigação são publicações científicas para a ciência, serviços de consultoria em gestão de multinacionais para a indústria, e políticas públicas de investimento direto estrangeiro.

A minha investigação não está associada a emoções negativas em termos de ética ou conflitos de interesse conforme é descrito no formulário de consentimento assinado pelos entrevistados antes da recolha de dados.
Self-evaluation: 100%
Logos
17/21. Rhetorical question: which scientific logic is implicit in your research?
A lógica científica adotada na minha investigação é quase-indutiva.
Self-evaluation: 50%
Ethos
18/21. Rhetorical question: which limitations are implicit in your research?
A principal limitação teórica da minha investigação é a ausência de outras correntes de pensamento sobre contatos pessoais e coordenação de multinacionais.

A principal limitação metodológica da minha investigação é a ausência de outras estratégias de investigação além do estudo de caso.

A principal limitação empírica da minha investigação é a ausência de dados sobre os contactos pessoais descritos pelos entrevistados.
Self-evaluation: 0%
Wisdom
19/21. Authorial question: which education and experience are implicit in your research?
A minha formação é uma licenciatura em gestão sendo sinergética com a minha investigação sobre a influência dos contatos pessoais na coordenação de multinacionais.

A minha experiência inclui a posição de controller numa subsidiária brasileira de uma multinacional finlandesa, sendo sinergética com a minha investigação sobre a influência dos contatos pessoais na coordenação de multinacionais.
Self-evaluation: 100%
Trust
20/21. Authorial question: which partners are implicit in your research?
A revisão de literatura é apoiada pelo meu orientador, docentes de disciplinas sobre tópicos avançados, e especialistas que contatei em conferências e por email.

A implementação da estratégia de investigação é apoiada pelo meu orientador, docentes de disciplinas e seminários de metodologia, e especialistas metodológicos que contatei em conferências e por email.

A recolha de dados é apoiada por familiares, amigos e conhecidos com acesso a casos reais.
Self-evaluation: 50%
Time
21/21. Authorial question: which availability of time and resources is implicit in your research?
Tenho disponibilidade em full-time para conduzir a minha investigação.

Além do tempo, necessito de uma bolsa de quatro anos e bolsas específicas para participar em conferências internacionais.
Self-evaluation: 0%